> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa tarde
Domingo , 24 de Setembro de 2017
 
>> Charles Darwin



CHARLES ROBERT DARWIN (1809 – 1882)

Em 12 de fevereiro comemora-se o nascimento de Charles Darwin. Uma boa oportunidade para relembrar a importância do seu trabalho e conhecer um pouco mais sua vida e sua obra. O Centro de Referência em Educação Mario Covas – CRE apresenta algumas obras e endereços virtuais que podem ser consultados.

Quem foi Charles Darwin?

Nascido em 12/02/1809, em Shewsbury, e falecido em 19/04/1882, em Downe (Kent), na Inglaterra, Charles Robert Darwin, naturalista britânico, ficou conhecido como criador da teoria da evolução das espécies pela seleção natural, considerada a generalização mais importante no campo da biologia até os nossos dias. Suas idéias, pilares da biologia e da genética, também estão presentes em muitas áreas da ciência moderna.

Embora tenha iniciado o curso de medicina e também de teologia, Darwin sempre demonstrou um grande interesse em estudar a natureza. Graças a isso, em 1831 foi convidado a participar como naturalista de uma chamada “volta ao mundo” promovida pela marinha inglesa, que durou 5 anos. Nessa expedição foram visitadas, sobretudo, regiões nas quais o Império Britânico possuía interesses, tais como algumas ilhas do Atlântico e do Pacífico, Nova Zelândia e Austrália. Darwin observou, desenhou, analisou e coletou amostras de plantas e de alguns animais o que contribuiu para desenvolver sua obra mais famosa entre as diversas que escreveu, A Origem das Espécies , publicada em 1859. 

Ao demonstrar que os seres vivos evoluíram de um ancestral comum, por meio de forças exclusivamente biológicas, pondo em cheque o dogma cristão de que Deus criou o homem à sua imagem e semelhança (criacionismo) e que os seres são imutáveis (fixismo), Darwin foi alvo de críticas das igrejas cristãs, algumas das quais ainda defendem o criacionismo.

Além das críticas motivadas por princípios religiosos, Darwin viu algumas de suas afirmações serem mal interpretados, tais como a “luta pela sobrevivência” ser classificada pejorativamente como “a lei do mais forte”, e sua tese de que homens e primatas evoluíram de um ancestral comum, ser entendida como uma afirmação de que os homens descendem do macaco.

Darwin passou para a história como o grande descobridor do mecanismo da seleção natural, embora alguns autores destaquem que antes da publicação de sua obra, A Origem das Espécies, alguns estudiosos já falavam sobre a evolução das espécies. Entre esses estudiosos, destaca-se um jovem naturalista chamado Alfred Russel Wallace, que em 1858 enviou uma carta a Darwin, solicitando que ele lesse seu ensaio Tendências das variedades se separarem indefinidamente do tipo original. Nele, Wallace descrevia o mesmo mecanismo para a origem das espécies concebido por Darwin, também denominado de evolução por seleção natural. Nesse mesmo ano (1858), Darwin apresentou um breve resumo de seu trabalho em Londres, numa reunião da Sociedade Lineana, juntamente com o ensaio de Wallace. Um ano depois, publicou A O rigem das Espécies, com 596 páginas, na qual explicitou os princípios da evolução em geral e da teoria da seleção natural.

Ao criar o princípio da evolução das espécies, o mecanismo pelo qual as espécies podem evoluir, diferenciar-se e dar origem a novas espécies por forças biológicas, sem a intervenção divina, Darwin abriu caminhos para novos estudos sobre a existência humana. É considerado notável que, naquela época, (século XIX) ele tenha levantado questões que são importantes até hoje, século XXI. Além do mais, Darwin conseguiu unir a observação com a generalização, a descrição com a análise e a teoria com a comprovação prática.




::: BIBLIOGRAFIA :::

Livros consultados (acervo da biblioteca do CRE):

BURKHARDT, Frederick (Ed.) As cartas de Charles Darwin: uma seleta, 1825-1859. São Paulo: UNESP, 2000.

Editadas por Frederick Burkhardt, as cartas escritas por Charles Darwin, no período de 1825 a 1859, são apresentadas nesta obra. Por meio dessa publicação o editor pretende revelar a imagem de Darwin como naturalista e como homem de família.
HUXLEY, Julian e FISHER, James. O pensamento vivo de Darwin . Tradução e notas de Paulo Sawaya. São Paulo: Martins Fontes, 1954. (Biblioteca do Pensamento Vivo).

Nesta obra os autores reeditam vários trechos que consideram mais sugestivos da obra de Darwin, sobretudo de A Origem das Espécies e A Descendência do homem, visando a atualização de sua teoria, enfatizando a importância de sua contribuição para o desenvolvimento do conhecimento científico.
MARCO, Nélio. O que é Darwinismo. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 1989. (Primeiros Passos, 192)

O autor apresenta duas versões sobre a contribuição da teoria darwinista para o desenvolvimento científico: uma, que ele chama de “História oficial” na qual, segundo ele, as teorias de Darwin são superestimadas. Na outra versão, apresentada no capítulo Outra História, Marco Nélio apresenta críticas às teorias darwinistas, citando trechos de obras e de cartas de Darwin.


  ::: LINKS :::

Publicação de 'A Origem das Espécies' completa 150 anos
http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,publicacao
-de-a-origem-das-especies-completa-150-anos,471219,0.htm

Estudo de Charles Darwin provocou uma revolução na ciência, mas ainda há muitas dúvidas sobre nossa origem.
Herton Escobar, de O Estado de S. Paulo

Charles Darwin pode ter morrido por Doença de Chagas
http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,charles-darwin
-pode-ter-morrido-por-doenca-de-chagas,467860,0.htm
Estudioso relatou em seu diário sintomas que podem sugerir o contágio da patologia em viagem à América do Sul.
Efe

Ideias de Darwin ainda ‘assustam'
http://www.estadao.com.br/vidae/not_vid322366,0.htm
No bicentenário do naturalista, muitos ainda têm dúvidas sobre sua teoria, apesar das comprovações científicas
Herton Escobar, De O Estado de S. Paulo

Primeira apresentação pública dos textos de Darwin e Wallace
http://educacao.uol.com.br/atualidades/evolucionismo-darwin-wallace.jhtm
Traz a primeira leitura pública dos textos de Darwin e Wallace, realizada em 1º de julho de 1858, na Sociedade Lineana de Londres, a um grupo de naturalistas.
Teoria é a plataforma básica para os estudos biológicos http://educacao.uol.com.br/biologia/ult1698u40.jhtm
Teoria da evolução biológica que se refere a populações e a mudanças hereditárias transmitidas às outras gerações. Considera que a evolução biológica permite a formação de raças e novas espécies.
Seleção natural é a idéia central do darwinismo http://educacao.uol.com.br/ciencias/ult1686u44.jhtm
Apresenta a teoria da Seleção natural (evolucionismo), idéia central do darwinismo.
Lamarck e Darwin revolucionaram a biologia http://educacao.uol.com.br/ciencias/ult1686u42.jhtm
Destaca as descobertas de Lamarck e Darwin que revolucionaram a biologia.
Navegando pelo mundo, Darwin revolucionou a ciência http://educacao.uol.com.br/ciencias/ult1686u43.jhtm
Apresenta a viagem de Darwin pelo mundo, durante as quais desenvolveu pesquisas que subsidiaram teorias que revolucionaram o conhecimento científico.
Darwin 2009
http://educacao.uol.com.br/ciencias/ult1686u42.jhtm
Site em homenagem ao bicentenário do Nascimento de Charles Darwin e o 150º aniversário da publicação do livro “A Origem das Espécies” . Traz iniciativas, recursos educativos, leituras de interesse e links como ponto de partida para a discussão da Teoria da Evolução e as visões contemporâneas sobre os mecanismos de evolução biológica.
Ilhas Galápagos: o laboratório natural que inspirou Darwin http://noticias.ambientebrasil.com.br/noticia/?id=43551
Destaca as ilhas Galápagos, pertencentes ao Equador, como fundamentais para os estudos de Charles Darwin, onde ele pode observar parte das espécies que inspiraram sua revolucionária Teoria da Evolução.
O que já foi publicado sobre Darwin na Folha de São Paulo http://search.folha.com.br/search?site=online&q=Darwin+ciencia&src=redacao
Neste endereço estão elencados diversos artigos/notícias sobre Darwin ou de alguma forma relacionados a ele e a sua teoria.