> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa tarde
Sexta-Feira , 30 de Setembro de 2022
>> Notícias
   
 
Capacitação para ensinar deficientes visuais


Governo do Estado de São Paulo - 27.08.09

Especial Semana Braille: SP capacita 83 mil professores para ensinar pessoas com deficiência visual

Secretaria da Educação vai destinar mais de R$ 90 milhões para treinar educadores

Milton Michida

Cerca de 83 mil educadores do Estado de São Paulo já foram capacitados para identificar e ensinar pessoas com deficiência visualDownload
Play

Entre 2000 e 2009, o Governo do Estado de São Paulo capacitou mais de 83 mil professores da rede estadual para identificar, lidar e ensinar alunos com algum tipo de deficiência. As orientações foram oferecidas pelo Cape (Centro de Apoio Pedagógico Especializado), órgão da Secretaria Estadual de Educação. Em 2009, está prevista a aplicação de R$ 90,2 milhões em investimentos na área - 9% mais que o total destinado em 2008.

Criado para formular políticas de inclusão na maior rede de educação do Brasil, o Cape desenvolve capacitações a professores, diretores, supervisores e assistentes técnico-pedagógicos das cerca de 5,5 mil escolas estaduais. Apenas em 2008, cerca de 25 mil educadores foram capacitados nas 91 Diretorias de Ensino do Estado. Os treinamentos envolvem todos os tipos de deficiência: motora, visual, auditiva e mental.

O Cape é também o órgão da Secretaria responsável por capacitar professores para a identificação de alunos superdotados, com déficit de atenção ou hiperatividade. Sua equipe é formada por psicólogos, fonoaudiólogos e professores especializados. Além disso, produz materiais destinados a alunos com necessidades especiais.

Em 2009, a Secretaria da Educação vai ampliar seus recursos voltados aos estudantes com deficiência. Sua meta é produzir mais de um milhão de materiais adaptados, como livros em braille e cadernos especiais. O volume é quase o dobro do produzido em 2008.

A rede estadual de ensino atende a 54.594 alunos com deficiências. Para isso, oferece 10.626 salas de recursos voltadas para atividades complementares aos estudantes. Os alunos com deficiência são matriculados em classes regulares e utilizam as salas de recursos no contra-turno, de acordo com suas necessidades.

Conheça alguns cursos oferecidos pela Secretaria por meio do Cape:
- Práticas e recursos na área de deficiência mental
- Informática para portadores de deficiência visual
- Identificação e conceitos pedagógicos para alunos disléxicos e com déficit de atenção e hiperatividade
- Atendimento para alunos em classes hospitalares
- Ensino de língua portuguesa para surdos
- Curso de Libras - Linguagem Brasileira de Sinais
- Olhar para altas habilidades
- Sexualidade na deficiência mental
- Curso de uso do Soroban para alunos com deficiência visual
- Simpósio sobre educação inclusiva

Da Secretaria da Educação

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=204100&c=6

Secretaria da Educação

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader