> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa noite
Sábado , 01 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
Emissões de países ricos crescem 1%


Folha Online - 22.10.09

Emissões de países ricos crescem 1%

da Associated Press

Os países industrializados aumentaram suas emissões de gases-estufa mais uma vez em 2007, em vez de reduzi-las.

A informação foi divulgada pela Convenção do Clima das Nações Unidas ontem, a 46 dias da conferência que definirá um novo acordo do clima, em Copenhague.

Dados dos inventários nacionais de emissões desses países, submetidos à ONU, mostram que, entre 2006 e 2007, as emissões de gás carbônico e outros gases causadores do aquecimento global cresceram 1%. Foi o sétimo ano consecutivo de alta.

Os países da União Europeia cortaram suas emissões de ano a ano em 1,6% em média, liderados pela Dinamarca --que reduziu 6,1%. Mas os EUA, o maior emissor do grupo de 40 países industrializados, aumentou suas emissões em 1,4%. Japão, Austrália e Canadá também viram suas emissões crescerem.

Para o período que vai de 1990 a 2007, os países industrializados (o chamado Anexo 1) tiveram uma queda de 4% nas suas emissões, puxada sobretudo pelo colapso da União Soviética. Entre 2000 e 2007, porém, houve um crescimento de 3%.

"O crescimento contínuo das emissões dos países industrializados permanece preocupante, apesar da expectativa de uma queda momentânea nas emissões causada pela recessão global", disse Yvo de Boer, secretário-executivo da convenção.

Pelo Protocolo de Kyoto, 37 países industrializados precisam cortar suas emissões em 5,2% em relação a 1990 até 2012.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ambiente/ult10007u641597.shtml

Associated Press

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader