> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa noite
Sexta-Feira , 07 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
A distribuição populacional do Brasil


g1.com.br - 28.10.09

Saiba mais sobre a distribuição populacional do Brasil

Professor de geografia explica quais fatores são atrativos.

Densidade demográfica costuma ser maior no litoral.

Do G1, em São Paulo

A distribuição da população no Brasil é feita de acordo com fatores determinantes, de atração e de repulsão, segundo o professor Ricardo Nunes Libório, que dá aulas de geografia no Sistema Elite de Ensino, no Rio de Janeiro.

Segundo ele, no país, uma média maior da população se aproxima do litoral. No interior, porém, existem alguns vazios demográficos, com dois ou três habitantes por quilômetro quadrado.
“Quando que quando se refere à densidade, fala-se em média. Então, é sempre a população dividida por esse espaço”, afirma.


Entre os fatores determinantes se incluem, obrigatoriamente, os fatores físicos. “As praias brasileiras, por exemplo, são fatores de atração por serem faixas de planície e por terem um clima tropical. Quando nos referimos à floresta, há uma dificuldade de penetração e, consequentemente, o clima equatorial. Neste local, a concentração populacional será menor.”


Em relação aos fatores histórico-culturais, ele comenta que a administração que o Brasil teve, como as capitanias hereditárias e governos gerais, tem influência sobre a distribuição populacional.

“A primeira capital do Brasil foi estabelecida em Salvador. Em 1763, quando foi deslocada para o Rio de Janeiro, houve uma concentração maior de população na nova capital. O movimento da agricultura e da indústria são fatores econômicos de atração da Região Sudeste. Por conta disso, as concentrações populacionais serão maiores.”


No interior, porém, há os conflitos por terra, que até hoje envolvem as populações desses locais, como o MST. “Com esses conflitos, a densidade acaba sendo menor, por isso que os vazios são maiores no interior.”

O comércio também é outro fator de atração, como no caso do Rio de Janeiro e Salvador, que permitiam fluxos maiores com a Europa. Santos é outro exemplo por ser uma área comercial portuário e com uma fortíssima concentração populacional. Segundo Libório, ao responder uma questão sobre a distribuição da população no Brasil, o candidato deve levar em conta fatores físicos, históricos e econômicos.


http://g1.globo.com/Noticias/Vestibular/0,,MUL1356865-5604,00-SAIBA+MAIS+SOBRE+A+DISTRIBUICAO+POPULACIONAL+DO+BRASIL.html

g1.globo.com.br

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader