> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa tarde
Sexta-Feira , 07 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
Obras brasileiras que serão doadas ao Chile


Folha Online - 29.10.09

Visitantes podem ver obras brasileiras que serão doadas ao Chile

As informações estão atualizadas até a data acima. Sugerimos contatar o local para confirmar as informações

da Folha Online


O público que visitar a exposição "Sonhos e Utopias dos Artistas do Brasil pela Liberdade", no Museu Afro Brasil (região sul da capital paulista), conhecerá trabalhos de artistas plásticos do porte de Claudio Tozzi, Nelson Leirner, Siron Franco e Tomie Ohtake, entre outros, que serão posteriormente doados ao Museo de la Solidaridad Salvador Allende, no Chile.

Ao todo, são 81 obras de 71 artistas --a maioria, brasileiros-- que seguem para a nação chilena para integrarem o acervo do museu fundado em 1972 pelo próprio ex-presidente do país, por sugestão do crítico de arte José Maria Moreno Gálvan.

De Gálvan, partiu a ideia de convocar a solidariedade de artistas do mundo todo para doarem obras em apoio ao ambiente político da época, que exigia independência. Mesmo depois de Allende ser deposto, o processo não foi interrompido e o acervo do museu continuou crescendo com as contribuições. Agora, o movimento é retomado pelos artistas brasileiros.

A exposição, que também marca o bicentenário de independência do Chile, é um evento comemorativo aos cinco anos do Museu Afro Brasil, celebrados na última sexta-feira (23). Além dela, foi programada outra especial, a "Oriki in Corpore".

A palavra okiri se refere a versos, frases ou poemas que saúdam um ser ou um objeto e, nesta exposição, reporta para o álbum "Ori Okan Oriki" (lançamento previsto para 2010), de autoria de Iara Rennó, que criou e produziu canções com esses textos.

A proposta da instalação é sair da manifestação figurativa e literal do oriki, explorando a criação de ambientes que possibilitem uma maior compreensão por meio dos cinco sentidos humanos.

Museu Afro Brasil - pq. Ibirapuera - av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, portão 10, Parque Ibirapuera, região sul, São Paulo, SP. Tel.:0/xx/11/5579-0593. Ter. a dom.: 10h às 17h (c/ permanência até as 18h). Até 15/1/2010. Classificação: livre. www.museuafrobrasil.com.br

http://guia.folha.com.br/exposicoes/ult10048u644199.shtml

Folha Online

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader