> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa noite
Domingo , 25 de Setembro de 2022
>> Notícias
   
 
Unifesp planeja abrir centro de convivência


Folha Online - 03.11.09

Unifesp planeja abrir "centro de convivência" na zona sul de SP

TAI NALON
Colaboração para a Folha

A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) planeja abrir um "centro de convivência" a partir de 2011 em sua nova unidade, em Santo Amaro (zona sul de SP). A área, de cerca de 12 mil m2, localizada na avenida Padre José Maria, deverá concentrar atividades e cursos voltados prioritariamente à comunidade local.

Dentre os projetos previstos para o lugar estão um centro de medicina esportiva, uma nova unidade da Uati (Universidade Aberta à Terceira Idade), uma quadra poliesportiva e a expansão do programa de apoio ao primeiro emprego.

A ideia, segundo Walter Manna Albertoni, reitor da Unifesp, é suprir demandas antigas de moradores com a ampliação de projetos já existentes na sede do campus da capital, na Vila Clementino (zona sul). A unidade será a única no Estado exclusivamente voltada às atividades de extensão e ao atendimento à comunidade.

"O centro de medicina esportiva, por exemplo, deve firmar convênios com clubes da região para atender a equipes amadoras e servir de polo de estágio para os alunos da universidade", afirma o reitor.

A abertura de uma nova unidade na capital já estava nos planos de gestões anteriores da Unifesp, mas demorou a ser viabilizada por atraso na autorização para a cessão do terreno, aprovada no início deste mês pela Câmara Municipal.

Voltada majoritariamente à área de saúde, a Unifesp pretendia originalmente inserir a nova unidade no plano de expansão para as áreas de exatas e humanas, já em curso nos campi do interior do Estado.

O projeto, no entanto, teve de ser reformulado. O terreno, próximo aos trilhos e à futura estação Santo Amaro do metrô, está numa área com restrições a construções de grande porte.

Agora, a Unifesp realiza uma série de consultas à comunidade e prevê parcerias com a Subprefeitura de Santo Amaro para saber quais cursos de extensão são prioridade na região.

O projeto para a construção será encaminhado ao município nas próximas semanas, e a licitação para as obras, aberta ainda neste ano. A universidade aguarda investimento de R$ 2,5 milhões cedidos pelo Ministério da Educação e estima que a nova unidade esteja pronta em um ano e meio.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u646816.shtml

Folha Online

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader