> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Quarta-Feira , 05 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
USP e Unicamp: lista unificada de livros


Folha Online - 19.01.10

USP e Unicamp vão manter lista unificada de livros para vestibular


RICARDO GALLO
PATRÍCIA GOMES
da Folha de S.Paulo

A Fuvest e a Comvest --que organizam os vestibulares da USP e da Unicamp, respectivamente-- confirmaram que vão manter a lista unificada de livros obrigatórios neste ano.

Os nove livros valerão pelos próximos dois vestibulares. As obras ficam assim mantidas por um ciclo de três anos para que o aluno do ensino médio tenha tempo de se preparar.

Por isso, a Unicamp informou que a próxima lista deve ser anunciada em dois meses e valerá a partir do ano letivo de 2012, para os concursos com ingresso em 2013, 2014 e 2015.

Maria de Lourdes da Conceição, professora de literatura do Objetivo, diz que essa organização "facilita muito para o aluno que está no segundo ano, por exemplo". Ela não considera as obras difíceis, mas afirma que o ideal é que os vestibulandos comecem a ler as obras desde já.

O mais importante, afirma Maria de Lourdes, é o aluno ler as obras pensando em compará-las, pois é assim que elas costumam cair no vestibular.

Fernando Marcílio, professor do Anglo, sugere um esquema de leitura em pares ou trios de livros para correlacioná-los. O primeiro trio é "Iracema", "Memórias de um Sargento de Milícias" e "O Cortiço".

A primeira obra caracteriza-se pelo romantismo mais tradicional, enquanto "Memórias" subverteu elementos típicos desse estilo, com o uso do humor e da figura do anti-herói. "Já em 'O Cortiço' o amor é reduzido a uma atração física", diz Marcílio.

Ele também propõe ler "Dom Casmurro" e "A Cidade e as Serras" em sequência. Já a dupla "Vidas Secas" e "Capitães da Areia" tem a temática social como pano de fundo, diz o professor.

Sobre "Antologia Poética", quem dá a dica é Maria de Lourdes, do Objetivo: "É para ler ao longo do ano". Ambos concordam que "Auto da Barca do Inferno" é o livro mais simples. A sugestão é que seja o primeiro a ser lido.

Sidnei Sousa, 20, já leu todos os livros da lista e espera que, assim, consiga a sonhada vaga em jornalismo na USP. "Neste ano vai", diz o aluno, que prestará vestibular pela quarta vez.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u681444.shtml

Folha Online

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader