> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa noite
Sábado , 24 de Setembro de 2022
>> Notícias
   
 
Especialização para educadores da rede estadual


Secretaria de Estado da Educação - 31.03.10

Governo lança Programa de Especialização a educadores da rede estadual

Com investimento de R$ 109 milhões, a Redefor disponibilizará cursos a distância para 30 mil profissionais do ensino público de São Paulo
até 2012, em parceria com as universidades
estaduais paulistas



Nesta segunda-feira (29/03), em evento no Palácio dos Bandeirantes, o governador José Serra e o secretário da Educação Paulo Renato Souza formalizaram o lançamento da Redefor (Rede São Paulo de Formação Docente), desenvolvida em parceria com as universidades estaduais paulistas - USP, Unicamp e Unesp. Participaram da cerimônia os reitores das três instituições _João Grandino Rodas (USP), Fernando Costa (Unicamp) e Herman Voorwald (Unesp)_ e o secretário estadual de Ensino Superior, Carlos Vogt.

O programa, executado por meio da Escola Paulista de Formação Docente, oferecerá cursos de especialização a distância para 30.000 profissionais da rede pública do Estado ao longo de 2010, 2011 e 2012. A iniciativa tem como objetivo melhorar a capacitação de professores, diretores e supervisores do Ensino Fundamental ciclo 2 (de 5ª à 8ª série) e do Ensino Médio.

“É um programa afinadíssimo com toda a nossa orientação à frente do Governo do Estado em relação à questão da educação, que está focalizada na sala de aula, já que o aproveitamento em sala de aula é o principal problema da educação no Brasil”, declarou Serra, após assinar o decreto que institui o programa e autoriza os convênios com as três universidades paulistas.

Por meio do programa serão ofertados 16 cursos, com duração de 360 horas (entre 12 e 14 meses). Serão cursos de especialização em docência para professores das 13 disciplinas do currículo e de Especialização em Gestão da Escola, para diretores; em Gestão do Currículo, para professores-coordenadores; e de Gestão da Rede Pública, para supervisores de ensino. Os cursos terão como referência o currículo e os materiais de apoio à sua implantação, definidos pela Secretaria da Educação.

“A Redefor está alinhada aos demais programas implantados pelo governo José Serra, que têm como destaque a unificação do currículo para toda a rede estadual de ensino. Com esta iniciativa, certamente, a rede passa a ter um outro status em termos de cursos de especialização para docentes”, disse Paulo Renato, em referência à excelência das três universidades estaduais parceiras no programa. “Os grandes beneficiados serão nossos alunos e alunas, ou seja, a futura juventude de São Paulo”, acrescentou o secretário.

Os cursos serão oferecidos em duas etapas. A primeira (2010-2011) terá início no segundo semestre deste ano e capacitará 10.000 educadores. Na segunda etapa (2011-2012), 20.000 profissionais serão contemplados. Os convênios terão vigência até 31 de dezembro de 2012. Em três anos, o programa terá um investimento total de R$ 109 milhões, sendo R$ 32 milhões previstos somente para este ano.

Como estratégia para a melhoria dos resultados de aprendizagem dos alunos, os cursos oferecidos pelo programa deverão propiciar aos profissionais da educação, essencialmente:

- A constituição de conhecimentos e competências pedagógicas e didáticas para domínio do currículo do Estado de São Paulo;

- A apropriação de uma cultura de desenvolvimento profissional como um processo coletivo, envolvendo a equipe escolar, com foco na sala de aula e na organização da escola e não apenas em uma disciplina específica do currículo ou em uma função exclusiva na organização da escola;

- A constituição das competências necessárias para o trabalho de grupo produtivo, tais como interagir, expressar e ouvir pontos de vista, compartilhar idéias e buscar entendimento.

A Unicamp oferecerá cursos de especialização para docentes em língua portuguesa, matemática, física, história e educação física, num total de 4.050 vagas entre 2010 e 2011 e 8.000 vagas entre 2011 e 2012.

A USP ministrará cursos para docentes em ciências, biologia, sociologia, além de especializações em gestão da escola para diretores, em gestão do currículo para professores-coo

http://www.educacao.sp.gov.br/

Secretaria da Educação

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader