> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Sexta-Feira , 07 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
Mostra: A Cidade Informal do Século XXI


Portal do Governo do Estado de São Paulo - 15.04.10

Museu da Casa Brasileira exibe mostra A Cidade Informal do Século XXI

Com projetos, maquetes, vídeos e debates, evento reúne o que há de mais moderno da arquitetura inclusiva

Fabio Knoll
Mostra revela um novo olhar sobre as favelas


Ao pensar no futuro da cidade contemporânea não se pode deixar de refletir sobre a cidade informal - formada a partir de ocupações precárias do território como, por exemplo, as favelas - e as transformações que tem ocorrido a partir das propostas de arquitetos. Esse é o tema da exposição A Cidade Informal no século XXI, organizada pelo Museu da Casa Brasileira, instituição vinculada à Secretaria da Cultura, em parceria com a 4ª Bienal Internacional de Arquitetura de Roterdã (IABR) e a Secretaria Municipal de Habitação da Cidade de São Paulo. A curadoria é da arquiteta Marisa Barda.

É uma mostra interativa onde projetos pontuais realizados por arquitetos brasileiros e estrangeiros são abordados a partir de quatro temas, como se fossem operações táticas, que melhor representam os problemas das favelas: Conexões, Transições, Fruições e Transformações. Esses temas permitirão uma visão crítica do trabalho apresentado.

A ideia de reunir esse conjunto de projetos que (re)desenham a cidade informal aparece como continuidade das propostas apresentadas na Bienal de Roterdã, em outubro de 2009, cujo tema foi Open City: Designing Coexistence. A subcuradoria do evento foi feita pelos arquitetos Rainer Hehl e Jorg Stolmann, que, para a seção Squat, selecionou como uma das referências os projetos para a comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo, elaborados por seis escritórios ou arquitetos: Urban Think Tank (Venezuela), Elemental (Chile), Christian Kerez (Suíça), Ciro Pirondi, Marcos Boldarini e MMBB Arquitetos (Brasil).

A mostra Cidade Informal no século XXI soma a essa seleção, os trabalhos dos alunos da Escola de Design da Universidade de Harvard, realizados para o Cantinho do Céu, sob a coordenação do professor Christian Werthman, e os trabalhos dos alunos da Universidade de Columbia, sob a coordenação de Alfredo Brillembourg e Hubert Klumpner, que abordaram vários aspectos das áreas informais na cidade de São Paulo. A integração desses projetos com os estudos elaborados para as mesmas áreas pelos alunos da Escola da Cidade, faculdade de arquitetura de São Paulo, possibilitará uma reflexão a partir da experiência de arquitetos de vários países, todos com o mesmo propósito: redesenhar as cidades informais do século XXI.

Para melhor ilustrar a complexidade desse trabalho, serão apresentados projetos e maquetes de obras já construídas ou em fase de realização para diversos espaços informais da cidade de São Paulo. A cidade informal também estará representada como um percurso didático, possibilitando a compreensão dos processos e condições das favelas de São Paulo. Para isso, serão expostas tabelas com dados estatísticos, plantas, diagramas e fotografias. A favela de Paraisópolis, com posição estratégica próxima ao bairro do Morumbi, será objeto de estudo a partir de levantamentos realizados in loco.

Em cada sala da exposição, os projetos poderão ser estudados de forma detalhada em mesas equipadas com computadores, livros publicados e cadernos, onde o público poderá escrever críticas, fazer propostas e elaborar esboços. Uma pequena sala de cinema projetará vídeos da Urban Inform, da 4ª IABR.

Serviço
Exposição: A cidade informal no século XXI
Visitação: até 9 de maio, de terça a domingo, das 10 às 18 horas
Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Avenida Faria Lima, 2705 - Jardim Paulistano
Telefone: 3032-3727
Ingresso: R$ 4,00 - Estudantes: R$ 2,00 - Gratuito domingos e feriados
Acesso a portadores de deficiência física
Visitas orientadas: 3032-2564 e-mail: agendamento@mcb.org.br
Site: www.mcb.org.br
twitter.com/mcb_org
Estacionamento: de terça a sábado até 30 minutos grátis, até duas horas R$ 8,00, demais horas R$ 2,00. Domingo: preço único de R$ 10,00.

Da Secretaria da Cultura

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=209167&c=6&q=Museu+da+Casa+Brasileira+exibe+mostra+A+Cidade+Informal+do+Século+XXI

Secretaria da Cultura

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader