> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Terça-Feira , 27 de Setembro de 2022
>> Notícias
   
 
Aprovada criação do Fundo de Apoio a Bibliotecas


www.nota10.com.br - 03.05.10

Educação aprova criação do Fundo de Apoio a Bibliotecas


A Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (28) o Projeto de Lei 6200/09, do Senado, que cria o Fundo Nacional de Apoio a Bibliotecas (Funab). Da iniciativa do senador Neuto de Conto (PMDB-SC), o projeto tem o objetivo de financiar a construção, a formação, a organização, a manutenção, a ampliação e a equipagem de bibliotecas e acervos em todo o país.

De acordo com a Agência Câmara, o relator, deputado Charles Lucena (PTB-PE), apresentou parecer pela aprovação. Ele prevê que a Funab será "elemento decisivo na implementação de uma política de acesso ao livro e promoção da leitura". Segundo o relator, é preciso reduzir o déficit nacional de bibliotecas e de leitura.

Segundo o relator, há no Brasil cerca de 4,8 mil bibliotecas públicas. Há mais de mil municípios que não têm sequer uma biblioteca pública. A maior deficiência se concentra nas regiões Norte e Nordeste. Numa análise comparativa, há no Brasil uma biblioteca para cada 35 mil habitantes, enquanto na França a proporção é de uma para cada grupo de 2,5 mil habitantes.

Essa realidade, diz o relator Charles Lucena, é parte da precária situação educacional e cultural do Brasil. Em pleno século 21, cita Lucena, o Brasil ainda convive com elevados índices de analfabetismo (38% da população adulta) e a média de leitura do brasileiro é uma das mais baixas do mundo (1,8 livro/ano).
Segundo o projeto, o Funab funcionará na forma de apoio a fundo perdido ou de empréstimos reembolsáveis. As fontes de receita incluirão doações, legados, subvenções e auxílios de entidades de qualquer natureza e aplicações em títulos públicos federais, entre outras.

Tramitação - O projeto tramita em caráter conclusivo e segue para as comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


http://www.dci.com.br/noticia.asp?id_editoria=3&id_noticia=325743

www.dci.com.br

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader