> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Sábado , 24 de Setembro de 2022
>> Notícias
   
 
MEC muda data do Enade e confirma a do Enem


www.envolverde.com.br - 04.05.10

MEC muda Enade e confirma Enem para 6 e 7 de novembro

Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) será em 21/11.

Do G1, em São Paulo

O Ministério da Educação (MEC) mudou a data do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) para 21 de novembro e confirmou que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado nos dias 6 e 7 de novembro.

O Enade estava marcado para ocorrer em 7 de novembro, mas foi adiado devido ao Enem, que normalmente é realizado em outubro e teve seu calendário alterado por causa das eleições.

saiba mais

MEC dará bolsa de pós-graduação aos melhores do Enade Especialistas criticam Enade deste ano por ter questões elogiando o governo Alunos com endereço errado no Enade terão atestado de dispensa, diz Inep Inep anula mais 43 questões do Enade Aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão ligado ao MEC, o Enade é usado como um dos indicadores de qualidade do curso. Ele integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que leva em conta ainda a avaliação institucional e dos cursos de graduação.

Os cursos que serão avaliados no Enade neste ano são agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social, terapia ocupacional e zootecnia. Serão avaliados também os cursos de tecnólogo em agroindústria, agronegócios, gestão hospitalar, gestão ambiental e radiologia.

São obrigados a participar da prova estudantes do primeiro e do último ano de cada curso. No ano passado, cerca de um milhão de estudantes fizeram a prova.

Os dirigentes das instituições de ensino superior são responsáveis pela inscrição de todos os estudantes habilitados ao Enade, no período de 2 a 31 de agosto de 2010. O Inep divulgará, até o dia 20 de setembro, a lista dos estudantes que participarão da prova, e até o dia
22 de outubro, os respectivos locais onde serão aplicadas as provas.

Vazamento

No ano passado, o Enade foi aplicado após duas suspeitas de vazamento da prova, que foram posteriormente investigadas e descartadas. No primeiro episódio, em 20 de outubro, policiais rodoviários federais no Rio de Janeiro encontraram caixas sendo transportadas em uma caminhonete na altura da cidade de Três Rios, no Sul Fluminense. Segundo os policiais, quatro caixas estavam sem lacre de segurança.

A segunda suspeita ocorreu na Paraíba, após uma caixa com o exame ter sido aberta no Correio de Campina Grande por um funcionário do Fisco. O primeiro caso foi investigado pelo Ministério Público Federal e o segundo, pela Polícia Federal. Em ambos, foi constatado que não houve violação do sigilo das provas.

Enem


Se as suspeitas sobre o vazamento do Enade foram descartadas, a realização do Enem foi prejudicada em 2009 devido ao vazamento da prova e o adiamento da data de realização, que alterou o calendário de vestibulares em todo o país. Cinco homens foram indiciados pelo roubo da prova.

No total, 4,1 milhões de estudantes se inscreveram no exame e 2,5 milhões fizeram as provas. A expectativa é de que a edição deste ano tenha 6 milhões de estudantes inscritos.

Depois da fraude, o Ministério da Educação trocou de gráfica e de consórcio para realizar o exame do ano passado. Para o Enem deste ano, as empresas ainda não foram escolhidas.

Outros problemas ocorreram na hora da inscrição dos estudantes nos cursos de instituições que aderiram à nota do Enem pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Os candidatos não conseguiam acessar o site do MEC.

Além disso, alunos não aprovados apareceram como selecionados no site do sistema. O problema ocorreu com cerca de 30 estudantes, que acabaram se matriculando em universidades.

As 51 instituições que participaram da primeira edição do sistema manifestaram interesse em permanecer no processo, mas ainda não é possível saber quantas vão participar da etapa de junho, já que nem todas fazem processos seletivos duas vezes ao ano.

Em junho, o MEC fará uma nova rodada de inscrições do Si

http://g1.globo.com/brasil/noticia/2010/05/mec-muda-enade-e-confirma-enem-para-6-e-7-de-novembro.html

g1.globo.com.br

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader