> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Quarta-Feira , 05 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
Crise de 29: queda do modelo capitalista liberal


www.g1.globo.com - 17.05.10

Crise de 29 marca queda do modelo capitalista liberal

Brasil também entrou na depressão.

Do G1, em São Paulo

O professor de história do cursinho pH, Igor Vieira, dá aula sobre a Crise de 29. O tema é importante para o século 20 e marca a crise do modelo capitalista liberal.

A crise é provocada por três fatores fundamentais: super produção, subconsumo e especulação.

Depois da 1ª Guerra Mundial, a economia americana viveu um momento de intenso crescimento, a década da euforia.

Esse crescimento criou um excesso de oferta no mercado, que não foi acompanhado pelo consumo.

O consumo entrou em declínio pela concentração de capitais. O mercado interno americano não tinha como consumir. O mercado europeu entrou em um momento de protecionismo.
Isso afetou a estrutura do capitalismo liberal.

Por outro lado, havia muita especulação financeira. O que levou a uma contradição entre a economia real e a bolsa, que quebrou em 1929. Todos os países entram na depressão, inclusive o Brasil.

Para conferir a aula completa em vídeo acesse:

http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2010/05/crise-de-29-marca-queda-do-modelo-capitalista-liberal.html

globo online

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader