> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Segunda-Feira , 26 de Setembro de 2022
>> Notícias
   
 
Obras do Museu de Arte Contemporânea


Portal do Governo do Estado de São Paulo - 17.05.10

Goldman vistoria obras do Museu de Arte Contemporânea

Com a mudança, prevista para dezembro de 2010, museu ganhará mais espaço para exposições


Milton Michida

O museu será instalado nos nove andares anteriormente ocupados pelo Detran, no Ibirapuera. Os trabalhos de restauro do prédio e adaptação à sua nova função tiveram início em dezembro de 2008, com as demolições externas, e as obras devem ser finalizadas até dezembro deste ano.

O prédio foi projetado pelo escritório de Oscar Niemayer e inaugurado em 1954. É tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp). Também está sob proteção em nível estadual, pelo Condephaat (por integrar a área envoltória do Instituto Biológico); e federal, pelo Iphan (em estudo de tombamento). O projeto básico de readequação do museu, de autoria da Companhia Paulista de Obras e Serviços, mantém as características do edifício e foi aprovado pelos três órgãos.

As novas instalações do MAC-USP têm 34 mil m² de área total, dos quais mais de 10 mil m² serão dedicados apenas para exposições, o que permitirá a exposição de praticamente todo o acervo do museu. O orçamento da obra é de R$ 61 milhões. "É uma forma de ter espaços maiores e condições melhores de apresentação do museu", disse o governador. "Ele sai de um lugar restrito para um lugar muito mais aberto, mais popular, onde você tem muito mais facilidade de acesso", completou.

No prédio principal, o térreo será destinado à recepção e a áreas de circulação. No 1º andar, haverá um auditório e ateliês de arte, enquanto a área expositiva do museu ocupará do 2º ao 7º andar. No último andar, o oitavo, será instalado um restaurante, que oferecerá uma vista panorâmica do Parque do Ibirapuera.

Já no prédio anexo, haverá área expositiva de 1.500 m², com pé direito duplo, e área para reserva técnica de 3.432 m². Além disso, um anexo ainda a ser construído vai receber a área administrativa do museu, além de parte da reserva técnica e laboratórios de restauro.

O decreto que determinou a mudança do museu foi assinado em julho de 2007 pelo governador José Serra. Desde então, as Secretarias de Estado da Cultura e da Segurança Pública trabalham em conjunto para concretizar a mudança.

O MAC-USP

O Museu de Arte Contemporânea, criado em 1963 por Cicillo Matarazzo, é um dos mais importantes museus de arte moderna e contemporânea da América Latina. Seu acervo possui cerca de 10 mil obras (óleos, desenhos, gravuras, esculturas, objetos e trabalhos conceituais) de mestres da arte como Picasso, Matisse, Miró, Kandinsky, Modigliani, Calder, Braque, Henry Moore, Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Volpi, Brecheret, Flávio de Carvalho, Manabu Mabe, Antonio Dias, Regina Silveira, entre outros.

O MAC-USP tem como principal objetivo tornar a cultura acessível a todas as classes sociais. Realiza exposições com obras de seu acervo e também mostras temporárias, com trabalhos de artistas brasileiros e internacionais, novos e consagrados, que não pertencem ao seu acervo. Atualmente, o museu conta com uma área construída de 11 mil m², espalhada pelo prédio da Bienal e dois outros prédios no campus da USP, dos quais 4,5 mil m² são dedicados a exposições.

Da Secretaria da Cultura

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=209767&c=6

Secretaria da Cultura

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader