> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Sábado , 01 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
Programas de extensão terão investimento


www.envolverde.com.br - 18.06.10

Programas de extensão terão investimento de R$ 30 milhões

Por Ionice Lorenzoni, do MEC


O Ministério da Educação vai investir R$ 30 milhões do seu orçamento de 2011 para apoiar o desenvolvimento de 484 programas e projetos de extensão universitária selecionados entre 1,2 mil propostas. Recursos do Programa de Apoio à Extensão Universitária (Proext) serão transferidos a universidades federais e estaduais e a institutos federais de educação, ciência e tecnologia no início do próximo ano.

Do total da verba do Proext, R$ 27 milhões vão para atividades de extensão das instituições federais de ensino superior e R$ 3 milhões para universidades estaduais. No período 2010-2011, o programa desenvolverá dez linhas de ação que atenderão políticas sociais de oito ministérios, do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres.

Os projetos mais contemplados com recursos são os de educação e de saúde (R$ 6 milhões cada um) e do trabalho (R$ 4 milhões). Os outros sete tipos de projetos terão R$ 2 milhões cada um. O dinheiro para a extensão universitária será liberado pelo Ministério da Educação, mas caberá aos ministérios parceiros do programa, ao Iphan e à Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres oferecer recursos humanos para apoiar o desenvolvimento das atividades, além de monitorar as ações nas respectivas áreas. A duração máxima dos projetos é de 12 meses — devem ser encerrados até 31 de dezembro de 2011.

Temas — Das 484 propostas que receberão recursos públicos, 114 dizem respeito à educação. As demais estão distribuídas entre os temas cultura e arte; pesca artesanal e agricultura familiar; promoção da saúde; desenvolvimento urbano; desenvolvimento agrário; redução das desigualdades sociais; geração de trabalho e renda; preservação do patrimônio cultural; garantia dos direitos das mulheres em situação de violência.

No tema educação, as instituições de ensino superior vão desenvolver atividades de extensão em sete áreas, entre as quais, juventude, educação ambiental e populações indígenas e quilombolas. A Universidade Estadual do Oeste do Paraná, por exemplo, vai receber R$ 119,9 mil para executar o programa Círculos de Cultura da Juventude Camponesa; a Universidade Federal da Bahia, R$ 99,7 mil para colocar em prática o programa Museu de Ciências do Cerrado Nordestino.

Os recursos do Proext destinam-se a melhorar as condições de gestão das atividades acadêmicas de extensão das instituições de educação superior públicas e estimular o desenvolvimento, a inclusão social e o espírito crítico dos estudantes. A extensão é um processo educacional de caráter multidisciplinar que articula ensino e pesquisa e coloca as instituições de ensino em contato com as comunidades que as cercam.



(Envolverde/MEC)

http://www.envolverde.com.br/materia.php?cod=76338&edt=8

MEC

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader