> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa tarde
Sexta-Feira , 07 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
Unesp: cinco cursos na área de ciências exatas


www.envolverde.com.br - 31.08.10

Conselho Universitário da Conselho Universitário da Unesp aprova cinco cursos na área de ciências exatas

Por Redação do Governo do Estado de São Paulo


Novas graduações serão oferecidas por instituto formado pela fusão de unidades de Bauru e São Paulo.

O Conselho Universitário da Unesp aprovou a criação dos cursos de bacharelado em Ciências Exatas, Física Ambiental, Física Fundamental, Física Econômica e Meteorologia na nova unidade que será formada pela fusão do Instituto de Física Teórica (IFT), câmpus da Barra Funda, com o Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), câmpus de Bauru. A decisão foi tomada durante reunião ordinária realizada na quinta-feira, 26, na Reitoria, em São Paulo.

A proposta dos novos cursos é inovadora, segundo o diretor do IFT, Rogério Rosenfeld, por integrá-los em dois ciclos. No primeiro, os alunos terão uma formação básica em Ciências Exatas, com duração mínima de três anos. Concluída essa etapa, e com o primeiro diploma em mãos, eles poderão optar por complementar seus estudos em um dos outros quatro cursos, chamados de terminalidades. Nestes, haverá mais um ano de aulas, com exceção de Meteorologia, que deverá ser concluído em dois anos. "Com essa característica, pretende-se que o aluno tenha a possibilidade de ir para o mercado de trabalho com mais rapidez, sem prejuízo para a sua formação", diz o diretor.

O reitor Herman Jacobus Cornelis Voorwald afirma que a proposta segue uma tendência mundial de formação interdisciplinar, que proporciona ao jovem escolher com mais informação sua especialização. "Vemos essa tendência em universidades europeias, que buscam responder com agilidade ao avanço tecnológico e às necessidades da sociedade", observa. No Brasil, as universidades federais da Região do Grande ABC, em São Paulo, e da Bahia, já implantaram cursos nesse formato.

A sede da nova unidade será construída no câmpus da Barra Funda, local onde serão ministrados o primeiro ciclo e os cursos de Física. Apesar da fusão, o IFT e o IPMet manterão suas instalações atuais. Assim, os estudantes que escolherem Meteorologia estudarão em Bauru.

Não há previsão para a abertura de vagas dos novos cursos. A estrutura para seu funcionamento será estabelecida pelos outros órgãos colegiados da Universidade: Conselho de Administração e Desenvolvimento (CADE) e Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE).

Artes

A Faculdade de Ciências e Letras (FCL), câmpus de Araraquara, receberá o acervo bibliográfico da Fundação Yeda e Augusto Frederico Schmidt. O anúncio foi feito durante a reunião pelo vice-diretor da FCL, Luiz Antonio Amaral. O termo de cessão das obras da biblioteca do poeta e embaixador brasileiro Schmidt foi assinado pelo reitor Voorwald e pela curadora da fundação, Eliáne Peyrot. Os livros ganharão um espaço diferenciado na biblioteca da unidade. Ao lado do acervo do sociólogo brasileiro Octavio Ianni será construída uma réplica da biblioteca da casa do poeta Schmidt, no Rio de Janeiro.



(Envolverde/Governo do Estado de São Paulo)



© Copyleft - É livre a reprodução exclusivamente para fins não comerciais, desde que o autor e a fonte sejam citados e esta nota seja incluída.



Por Redação do Governo do Estado de São Paulo


Novas graduações serão oferecidas por instituto formado pela fusão de unidades de Bauru e São Paulo.

O Conselho Universitário da Unesp aprovou a criação dos cursos de bacharelado em Ciências Exatas, Física Ambiental, Física Fundamental, Física Econômica e Meteorologia na nova unidade que será formada pela fusão do Instituto de Física Teórica (IFT), câmpus da Barra Funda, com o Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), câmpus de Bauru. A decisão foi tomada durante reunião ordinária realizada na quinta-feira, 26, na Reitoria, em São Paulo.

A proposta dos novos cursos é inovadora, segundo o diretor do IFT, Rogério Rosenfeld, por integrá-los em dois ciclos. No primeiro, os alunos terão uma formação básica em Ciências Exatas, com duração mínima de três anos. Concluída essa etapa, e com o primeiro diploma em

http://www.envolverde.com.br/materia.php?cod=80195&edt=8

Governo do Estado de São Paulo

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader