> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa tarde
Sexta-Feira , 07 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
As muralhas da internet


www.estadao.com.br/renato-cruz - 03.09.10

As muralhas da internet

Por Renato Cruz

A Economist identifica uma contrarrevolução em curso na internet, que fragmenta a rede e faz com que retrocedamos ao ambiente de serviços online separados, que existia antes da criação da web. A revista identifica três tipos de muralhas que estão sendo criadas na rede:

- o primeiro é nacional, como existe na China, que monitora o uso da rede e bloqueia conteúdos;

- o segundo pertence a empresas, como o sistema de correio eletrônico interno do Facebook ou as aplicações oferecidas pela Apple para o iPhone e o iPad, que não necessitam de navegador; e

- o terceiro surge da busca de novas fontes de receita pelas operadoras de telecomunicações, que fecham acordo para oferecer melhores condições de tráfego a empresas de conteúdo dispostas a pagar por isso.

Na visão da Economist, “sugerir que ‘a web está morta’, como fez recentemente a revista Wired, é ir um pouco longe demais. Mas a internet está perdendo um pouco de sua liberdade e universalidade”.

http://blogs.estadao.com.br/renato-cruz/as-muralhas-da-internet/

estadao.com.br/renato-cruz

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader