> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Quarta-Feira , 05 de Outubro de 2022
>> Notícias
   
 
Solo marciano com ingredientes da vida


www.estadao.com.br - 06.09.10

Solo marciano examinado em 1976 pode ter contido ingredientes da vida

Resultados da sonda Phoenix, de 2008, lança nova luz sobre os resultados das duas Vikings


estadão.com.br - estadão.com.br


Experimentos sugeridos por uma descoberta surpreendente feita em 2008 pela sonda Phoenix em Marte indica que o solo examinado pela sonda Viking em 1976 pode ter contido os ingredientes fundamentais da vida.


NasaA sonda Phoenix, última a pousar em Marte"Isso não diz nada a respeito da questão de se vida existiu em Marte, mas pode fazer muita diferença sobre como procuraremos pela resposta", disse, em nota, o pesquisador da Nasa Chris McKay, coautor do artigo sobre a nova descoberta, publicado no Journal of Geophysical Research - Planets.

Os únicos compostos orgânicos identificado quando as duas sondas Vikings analisaram amostras de solo marciano, há mais de 30 anos, foram clorometano e diclorometano, compostos contendo cloro e que foram interpretados, na época, como contaminações causadas pelo material de limpeza aplicado nas sondas.

Mas esses produtos são exatamente o que o novo estudo encontrou quando perclorato - descoberto pela Phoenix - foi misturado a amostras de solo do deserto do Chile que continham material orgânico.

A mistura foi analisada pelos mesmos meios usados pelas duas Vikings para buscar vida no planeta vermelho.

"Nossos resultados sugerem que não só matéria orgânica, mas também percloratos, podem ter estado presentes no solo em ambos os locais de pouco das Vikings", disse o principal autor do estudo, Rafael Navarro-González, da Universidade Autônoma do México.

Matéria orgânica pode vir de fontes biológicas ou não biológicas. Muitos meteoristos que caíram em Marte ou na Terra nos últimos bilhões de anos contêm esses materiais. Mesmo se Marte nunca tiver tido vida, a presença de matéria orgânica no planeta era esperada.

"A ausência de matéria orgânica foi uma grande surpresa das Vikings", disse McKay. "Mas por 30 anos estivemos olhando para o quebra-cabeças com uma peça faltando, o perclorato".

O robô Curiosity, que deve chegar a Marte em 2012, levará instrumentos para analisar solo e, diferentemente das Vikings e da Phoenix, será móvel, podendo colher uma ampla variedade de amostras. Ele poderá resolver a questão, confirmando ou desmentindo a nova hipótese.




Tópicos: Marte, Nasa, Phoenix, Vida, Ciência
comentários para este post 2comente também

2 Robis Rosa
05 de setembro de 2010 | 20h 18Denunciar este comentário

Existe em marte uma civilização bem mais adiantada que a nossa! Não podemos ver porque só vemos uma faixa muito extreita de vibrações e eles já deram pelo menos um salto quântico de evolução espiritual em relação a nós. Brevemente a nossa sofrida terra de terceira dimensão tambem vai dar um salto quântico e então poderemos, não só ver esta civilização,mas tambem entrar em contato com a mesma para intercâmbio produtivo, sem orgulho, egoísmo e interesses rasteiros. Aguardemos!



1 Robis Rosa
05 de setembro de 2010 | 18h 25Denunciar este comentário

Existe em marte uma civilização bem mais adiantada que a nossa! Não podemos ver porque só vemos uma faixa muito extreita de vibrações e eles já deram pelo menos um salto quântico de evolução espiritual em relação a nós. Brevemente a nossa sofrida terra de terceira dimensão tambem vai dar um salto quântico e então poderemos, não só ver esta civilização,mas tambem entrar em contato com a mesma para intercâmbio produtivo, sem orgulho, egoísmo e interesses rasteiros. Aguardemos!



http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,solo-marciano-examinado-em-1976-pode-ter-contido-ingredientes-da-vida,604849,0.htm

estadao.com.br

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





Clique aqui para baixar o Acrobat Reader