> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Café Cultural
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa noite
Sábado , 25 de Outubro de 2014
>> Profissionais da Educação
   
 
Perspectivas da gestão escolar e implicações quanto à formação de seus gestores

Heloísa Lück


Neste artigo, a autora analisa a mudança de concepção de escola e suas implicações quanto à gestão.
No quadro, procuramos situar alguns aspectos desse movimento que altera o sentido e a concepção de educação, de escola e da relação escola/sociedade. Para um aprofundamento dessas questões leia na íntegra esse artigo.

  Administração Escolar Gestão Escolar
Escola - garantir formação competente de seus alunos para que se tornem cidadãos participativos da sociedade;
- responsabilidade do governo;
- entidade, ao mesmo tempo, autoritária e paternalista.
- oferecer oportunidades para que seus alunos possam aprender para compreender a vida, a sociedade e a si mesmos;
- organização viva caracterizada por uma rede de relações de todos os elementos que nela atuam ou interferem.
Diretor Seu Papel - guardião e gerente de operações estabelecidas em órgãos centrais;
- responsável em repassar informações, controlar, supervisionar, "dirigir" o fazer escolar de acordo com as normas propostas pelo sistema de ensino.
- gestor da dinâmica social;
- mobilizador, articulador da diversidade para dar-lhe consistência e unidade;
- responsável em promover transformações de relações de poder, de práticas e da organização escolar.
Bom Diretor - cumpridor pleno dessas obrigações, de modo a garantir que a escola não fuja ao estabelecido em âmbito central ou em hierarquia superior. - ter visão da escola inserida em sua comunidade, a médio, longo prazo, com horizontes largos;
- compartilhar do poder realizado pela tomada de decisões de forma coletiva
Equipe Técnico-Pedagógica, Funcionários, Pais e Alunos, Comunidade - hierarquizada;
- subordinados a uma administração por comando e controle, centrada na autoridade e distanciada da implementação das ações.
- não apenas fazem parte do ambiente cultural, mas o formam e o constróem, pelo seu modo de agir;
- de sua interação depende a identidade da escola na comunidade .
Alguns Pressupostos - tensões, conflitos, contradições eram eliminados ou abafados;
- descomprometimento de pessoas, em qualquer nível de ação, pelos resultados finais.
- tensões, conflitos, contradições, incertezas são vistos como condições e oportunidades de crescimento e transformação;
- ambiente participativo criando uma visão de conjunto da escola onde a responsabilidade
Sociedade - considera a educação como responsabilidade exclusiva da escola. - não é mais indiferente ao que acontece na escola;
- exige que a escola seja competente;
- dispõe-se a contribuir.

http://www4.inep.gov.br/download/cibec/2000/em_aberto
/emaberto72.pdf

Publicação: Artigo da publicação Em Aberto n.72. Brasília: INEP, fev/jun 2000
Páginas: 11-32

Para mais informações clique em AJUDA no menu.