> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Café Cultural
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Sábado , 19 de Abril de 2014
>> Desenvolvimento e Aprendizagem
   
 
O corpo e o conhecimento: dança educativa

Lenira Peral Rengel e Maria Mommensohn


O movimento é um importante elo de conexão entre as atividades internas do homem e o mundo à sua volta. Nesse texto, você conhecerá um pouco sobre a concepção de Laban sobre movimento e dança educativa.

São idéias valiosas para se estruturar um trabalho mais lúdico e consciente de sua importância para crianças em idade pré-escolar.

Clique aqui para ler o texto na íntegra. Para isso você precisa ter o programa Acrobat Reader. Para instalá-lo, clique aqui.

"O processo educacional é, no mais das vezes, tido como a aplicação de técnicas de transformação de comportamentos, as quais levam à aquisição de habilidades específicas para o desempenho produtivo do indivíduo. Seu corpo é conscientemente treinado para a aquisição destas habilidades. Assim, a criança é preparada para o trabalho sedentário da cidade através de um estudo acadêmico que enfatiza principalmente suas capacidades intelectuais. A Educação Física na Escola é praticamente restrita ao esporte e à ginástica, e nela só têm lugar aqueles cuja capacidade inata os habilita."

"A partir de pressupostos de LABAN, em seu estudo de análise do movimento, da perspectiva sociocultural, o corpo expressa a relação do indivíduo com o seu meio. É ele veículo e conteúdo do indivíduo nas relações que estabelece. Seja no trabalho, no lazer, na intimidade das ações orgânicas básicas da sobrevivência, o ser humano tem para si um repertório gestual que significa o seu elo social."

"Na nossa experiência como professoras, descobrimos que é muito necessária a participação plena do professor em aula. Ele deve tocar nas crianças, dançar e cantar com elas; ele, inclusive, é uma referência espacial para elas (muitos exercícios são feitos em relação ao professor, em direção a ele, longe dele, correndo para ele)."

Publicação: Série Idéias n. 10. São Paulo: FDE, 1992.
Páginas: 99 a 109

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





 Download do      arquivo

Clique aqui para baixar o Acrobat Reader

 Corpo e Fantasia no Processo do Conhecimento
 Rudolf Von Laban