> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Bom dia
Sexta-Feira , 02 de Dezembro de 2022
>> Ambientes de Aprendizagem
   
 
Questões do cotidiano na escola de 1º grau.

Marli E. D. de André


Como refletir sobre o cotidiano escolar sem viver o dia-a-dia da escola? É sobre este desafio -- enfrentado por pesquisadores ao tratar dos problemas da escola sem nela estar diariamente imersos --, que nos fala Marli André.
Neste texto, sobre pesquisa educacional, a autora defende a utilização da pesquisa etnográfica como uma forma privilegiada de se compreender o cotidiano escolar. Apresenta ainda três estudos realizados em escolas públicas a partir desta perspectiva.

Clique aqui para ler o texto na íntegra. Para isso você precisa ter o programa Acrobat Reader. Para instalá-lo, clique aqui.

"A participação ativa dos alunos nas aulas, assim como seu interesse e envolvimento nas atividades, vem apenas demonstrar que o aluno da Escola Pública não é apático e desinteressado como afirmam alguns."

"Constatou-se que quando há um interesse geral na tarefa que realiza, o alunado consegue se disciplinar mais. Parece haver uma forte relação entre disciplina e interesse na tarefa..."

"O estudo possibilitou afirmar a complexidade da prática educativa. (...) O que acontece dentro da Escola é muito mais o resultado da cadeia de relações que constrói o dia-a-dia do professor, do aluno e do conhecimento e muito menos a atitude e decisão isoladas de um desses elementos. Os anéis dessa cadeia se ligam de várias maneiras aos anéis que compõem o todo institucional, o qual se articula de muitas formas com as várias esferas do social mais amplo."

"É preciso aproximar o pensar sobre a Didática do viver a Didática no dia-a-dia da prática educativa. Se nós queremos fazer surgir um profissional competente, consciente, crítico, precisamos dar-lhes condições, no seu processo de formação, para que vivencie situações, experiências que o leve a incorporar estes comportamentos, habilidades, atitudes, valores desejados."

"É preciso lembrar que a jornada escolar é realizada por indivíduos em relação, produtores e produto de determinados encontros e simultaneamente de desencontros. Os sujeitos quando entram na Escola, não deixam do lado de fora aquele conjunto de fatores individuais e sociais que os distinguem como indivíduos dotados de vontade, sujeitos em um determinado tempo e lugar. Identificar essas características situadas e datadas é condição fundamental para se aproximar da ´verdade´ pedagógica."

Publicação: Série Idéias n. 11. São Paulo: FDE, 1991
Páginas: 69-81

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





 Download do      arquivo

Clique aqui para baixar o Acrobat Reader

 SOUZA, Marilene Proença R.

 EZPELETA, J.

 ROCKWELL, E.
  Pesquisa etnográfica