> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa tarde
Quinta-Feira , 01 de Dezembro de 2022
>> Educação Continuada
   
 
Aspectos práticos e teóricos da formação do educador de creche/pré-escola

Maria Noemi de Araújo


Neste artigo, a autora discute a proposta de formação de educadores da antiga Secretaria do Menor do Estado de São Paulo, ressaltando uma visão de creche como espaço educativo, a importância da formação de educadores e a necessidade de planejamento.

O assunto é complexo. Afinal, o adulto alcançou o ponto máximo em seu desenvolvimento ou ainda tem o que aprender? Agora imagine o encontro desse adulto com instituições como as creches e pré-escolas, que não possuem um modelo definitivo de atuação. A questão pode ser então reformulada da seguinte maneira: como é a formação de educadores adultos numa instituição que também está criando um modo de ser.

Clique aqui para ler o texto na íntegra. Para isso você precisa ter o programa Acrobat Reader. Para instalá-lo, clique aqui.

"Os vários segmentos profissionais da Creche/Pré-Escola devem oferecer às crianças um espaço de aprendizagem onde elas possam se movimentar, manipular, cheirar e visualizar os objetos; possam explorar o ambiente, interagir com as outras crianças e com os adultos; possam também ficar sozinhas e brincar.
Aqui é importante sublinhar que o brincar não tem só uma função lúdica, mas também educativa. Brincando, as crianças podem vivenciar experiências, registrar várias informações..."

"No sentido de fazer o educador de creche perceber a amplitude do seu trabalho, de forma integrada, onde o eixo que permeia as várias atividades desenvolvidas na Creche/Pré-Escola é o educativo, propomo-nos realizar um treinamento no qual, em um primeiro momento, exista uma interação educador-educador e educador-bairro-comunidade. Conhecer a natureza do trabalho, a importância de cada profissional e as implicações de suas atividades para a Creche/Pré-Escola como um todo é também objetivo desse treinamento."

"De um modo geral, o adulto está o tempo todo intervindo no processo de aprendizagem das crianças e não apenas quando interage diretamente com elas. Portanto, investir na formação do educador é também evidenciar o papel de cada profissional da creche e a forma como cada um pode intervir mais adequadamente no processo de desenvolvimento das crianças. Nesta direção não basta o educador gostar de criança, ele precisa conhecê-la. Conhecer a criança de zero a seis anos como sujeito de sua ação, mas que necessita do auxílio do adulto para colaborar nas suas descobertas, considerando que a Creche/Pré-Escola visa mais do que à guarda, à saúde e à alimentação. A sua educação também é algo valorizado por nós."

Publicação: Série Idéias n. 7. São Paulo: FDE, 1995.
Páginas: 25-33

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





 Download do      arquivo

Clique aqui para baixar o Acrobat Reader