> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Programa Sala de Leitura
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa noite
Domingo , 24 de Setembro de 2017
 
>> Ambiente de Aprendizagem

Esta seção trata de aspectos relativos a um dos principais ambientes onde ocorre a aprendizagem: a sala de aula. Nos textos aqui reunidos, diferentes autores discutem questões como fracasso escolar, salas-ambiente, relações escolares, curso noturno. São subsídios para se refletir sobre temas importantes, como o problema da indisciplina, e auxiliar o professor no desafio de transformar a sala de aula em um ambiente de aprendizagem produtivo e prazeroso.

   Artigos

Sala-ambiente. Cartas aos professores coordenadores pedagógicos: dilemas da prática cotidiana, São Paulo: SE/CENP, 1999. p.75-86.

A sala de aula. Raízes e asas, fascículo 7, São Paulo: CENPEC, 1995. 27p.

A psicologia no imaginário da escola. Marilene Proença Rebello de Souza. Série Idéias n. 23, São Paulo: FDE, 1994. p. 35-39.

Fracasso escolar: mito e realidade. Anna Maria Bianchini Baeta. Série Idéias n. 6, São Paulo: FDE, 1992. p. 17-23.

A queixa escolar no alvo dos diagnósticos. Adriana M. Machado. Série Idéias n.28, São Paulo: FDE, 1997. p. 141-156.

Fracasso escolar: uma questão médica? Maria Aparecida Affonso Moysés. Série Idéias n. 6, São Paulo: FDE, 1992. p. 29-31.

A transformação do espaço pedagógico em espaço clínico. (a patologização da educação). Cecília Azevedo Lima Collares e Maria Aparecida Affonso Moysés. Série Idéias n. 23, São Paulo: FDE, 1994. p. 25-31..

Ajudando a desmistificar o fracasso escolar. Cecília Azevedo Lima Collares. Série Idéias n. 6, São Paulo: FDE, 1992. p. 24-28.

Organização do trabalho escolar no Ciclo Básico na perspectiva da superação do fracasso escolar. Elba Siqueira de Sá Barreto. Série Idéias n.6, São Paulo: FDE, 1992. p. 101-107.

Repensando o lugar dos afetos na sala de aula. Marilene Proença Rebello de Souza. Série Idéias n. 28 . São Paulo: FDE, 1997. p.159-174.

Vygotsky e o papel das interações sociais na sala de aula: reconhecer e desvendar o mundo. João Carlos Martins. Série Idéias n. 28, São Paulo: FDE, 1997. p. 111-122.

Ensinar e Aprender. Raízes e asas, fascículo 5, São Paulo: CENPEC, 1995. 27p.

Os desafios da indisciplina em sala de aula e na escola. Celso dos Santos Vasconcellos. Série Idéias n. 28, São Paulo: FDE, 1997. p. 227-252.

Carecas do subúrbio. Maurício Tragtenberg. Série Idéias n. 23, São Paulo: FDE, 1994. p. 75-80.

Como aperfeiçoar as escolas para que mais alunos aprendam mais. Boudewijn A. M. Van velzen. Mudar para melhor: pequenos passos rumo ao êxito para todos, São Paulo: SE/APS, 1997. p. 1-7.

Subsídios para a organização do trabalho docente. Cipriano Carlos Luckesi. Série Idéias n. 11, São Paulo: FDE, 1991. p. 88-103.

Vida na escola - o intrigante jogo de aparências. Regina L. Garcia. Série Idéias n. 23, São Paulo: FDE, 1994. p. 121-126.

Questões do cotidiano na escola de 1º grau. Marli André. Série Idéias n. 11, São Paulo: FDE, 1991. p. 69-81.

A trajetória histórica da didática. Amélia Domingues de Castro. Série Idéias n. 11, São Paulo: FDE, 1991. p. 15-25.

Entrevista com George Snyders. Série Idéias n. 11, São Paulo: FDE, 1991. p. 159-164.

Entrevista com Christiane Gillèrion. Meire Graça Matos e Bernard Huet. Série Idéias n. 12, São Paulo: FDE, 1992. p. 125-132.

Curso Noturno

Autonomia escolar e o curso noturno: a construção do projeto coletivo. Marcos Antônio Lorieri. Série Idéias n. 25, São Paulo: FDE, 1998. p. 29-44.

Alternativas metodológicas para o trabalho pedagógico voltado ao curso noturno. Célia Pezzolo de Carvalho. Série Idéias n. 25, São Paulo: FDE, 1998. p.75-89.

O aluno trabalhador e os meios de comunicação numa perspectiva pedagógica. João Baptista Winck. Série Idéias n.25, São Paulo: FDE, 1998. p. 109-117.

Curso noturno: uma abordagem histórica. Laurinda Ramalho de Almeida. Série Idéias n. 25, São Paulo: FDE, 1998. p.17-28.

O espaço escolar e a produção de cultura no curso noturno. . Àurea M. Guimarães. Série Idéias n.25, São Paulo: FDE, 1998. p. 149-162.

O jogo: uma sugestão de trabalho para o curso noturno. Maria Angela Barbato Carneiro. Série Idéias n. 25, São Paulo: FDE, 1998. p. 91-107.