> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Café Cultural
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa noite
Segunda-Feira , 20 de Outubro de 2014
 
>> Avaliação Externa

A Experiência Brasileira

   Links

SAEB
http://www.inep.gov.br/basica/saeb/default.asp
Informações sobre o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica: princípios orientadores, publicações, matrizes curriculares, resultados, relatórios, notícias, dentre outras.

ENEM
http://www.enem.inep.gov.br/
Informações sobre o Exame Nacional do Ensino Médio para estudantes, professores, diretores e pesquisadores: legislação, concepções e fundamentos, habilidades e competências, resultados, relatórios, publicações.

Educação para o século XXI: o desafio da qualidade e da eqüidade
Maria Helena Guimarães de Castro. Brasília: INEP, 1999.
www.inep.gov.br/download/cibec/1999/titulos_avulsos/
miolo_Século_XXI.pdf

Esta publicação aborda os temas eficiência, qualidade e eqüidade da Educação, sob a proposta de identificar alguns dos principais entraves que o Brasil deverá superar para que seu sistema educacional alcance os níveis requeridos pela sociedade, capazes de garantir ao projeto de apoio desenvolvimento sustentável do País neste novo século. O foco dessa publicação está em torno da idéia: "se há um círculo virtuoso entre educação, eqüidade e desenvolvimento sustentado, a efetividade deste processo depende, cada vez mais, da expansão com qualidade do ensino ofertado". Inicialmente, apresenta-se um breve diagnóstico do sistema educacional, destacando as principais mudanças verificadas nos últimos dez anos e as dificuldades a serem enfrentadas. Discute-se também o novo enfoque das políticas educacionais na década de 90, além de examinar a eficácia da avaliação como indutor da melhoria de qualidade e descrever resultados do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB).Finalmente, examinam-se as perspectivas de definição de padrões nacionais, ensaiando respostas para essa problemática.

Indicadores de qualidade do ensino e seu papel no sistema nacional de avaliação
João Batista F. Gomes, Lia Rosenberg. In: Avaliação Educacional. Em aberto n. 66, Brasília: INEP, 1995.
www.inep.gov.br/download/cibec/1995/periodicos/em_aberto_66.doc
Baseando-se nos objetivos do sistema de avaliação (universalização do acesso, eqüidade e qualidade), os autores promovem uma reflexão sobre os resultados obtidos nas avaliações em relação ao esperado. Os indicadores, segundo eles, devem constatar ou não a eficiência e a eficácia da política educacional adotada. No texto são relatadas experiências para ilustrar "os possíveis papéis" dos indicadores de qualidade em um sistema nacional de avaliação. São apresentadas, também, formas de implantação de sistemas de avaliação na América Latina e as mais recentes tentativas brasileiras. Este texto encontra-se a partir da página 9 do documento.


Avaliação em larga escala: uma proposta inovadora
Ruben Klein, Nilma Santos Fontanive. In: Avaliação Educacional. Em aberto n. 66, Brasília: INEP, 1995.
www.inep.gov.br/download/cibec/1995/periodicos/em_aberto_66.doc
Os autores abordam a avaliação educacional como um sistema de informação sobre os alunos em dois principais aspectos: movimentação e fluxo escolar, e aprendizagem. Com base em dados de pesquisa, esta publicação tem o objetivo de avaliar em larga escala o sistema escolar, informar o que populações de alunos em diferentes séries sabem e são capazes de fazer, em um determinado momento, além de acompanhar sua evolução ao longo dos anos. Este texto começa na página 23 do documento.


Planejamento e avaliação educacionais
Bernardo Kipnis, Roberto Algarte. Estado do conhecimento em política e administração da educação no Brasil
www.inep.gov.br/comped/estudos/politica_gestao.htm
Neste link, encontra-se o estudo completo "Estados do conhecimento: política e administração da educação", onde há o texto "Planejamento e avaliação educacionais" no sétimo capítulo. Os autores analisam e comparam os processos de planejamento e o desempenho educacional com base em diversas formas de avaliação. O objetivo é listar resumidamente as pesquisas feitas entre 1991 e 1997, além de caracterizar e comentar as principais tendências presentes na produção de pesquisa neste período e nesta categoria. Para ler ou salvar o texto em seu computador, é necessário clicar sobre o ícone ZIP ou DOC. O primeiro proporciona o arquivo compactado, enquanto o outro pode ser aberto no programa Microsoft Word.

O laboratório latino-americano de avaliação da qualidade da educação: uma realidade ad portas
Maria Helena Guimarães de Castro, et al. Em aberto n. 68, Brasília: INEP, 1995.
www.inep.gov.br/download/cibec/1995/periodicos/em_aberto_68.doc
Constam nesta publicação a concepção, os objetivos, os benefícios esperados e os marcos teóricos do laboratório latino-americano, além da discussão sobre um desenvolvimento experimental. Criado em 1994, é um recurso técnico da UNESCO para os países latino-americanos, constituindo-se em fórum técnico-político de discussão da problemática do aprendizado e variáveis relacionadas. O alvo é promover processos de gestão educacional, visando à melhoria de resultados e do nível de proficiência dos alunos. São analisadas as formas de avaliação latino-americana, a partir da década de 80, acrescentando-se, em seguida, o Projeto Principal de Educação na América Latina e Caribe.

   Artigos

Qualidade de ensino: critérios e avaliação de seus indicadores. Maria Laura P. Barbosa Franco. Série Idéias n. 22, São Paulo: FDE, 1994. p. 81-87.

A eficácia das escolas não se mede: ela se constrói, negocia-se, pratica-se e se vive. Monica G. Thurler. Série Idéias n. 30, São Paulo: FDE, 1998. p. 175-192.

A avaliação dos estabelecimentos escolares: um novo avatar da ilusão cientificista? Philippe Perrenoud. Série Idéias n. 30, São Paulo: FDE, 1998. p. 193-204.

Descrição de uma trajetória na/da avaliação educacional. Clarilza Prado de Souza. Série Idéias n. 30, São Paulo: FDE, 1998. p. 161-174.

Medidas referenciadas a critério - uma introdução. Heraldo Marelim Vianna. Série Idéias n. 8, São Paulo: FDE, 1998. p. 145-159.