> Sistema Documentação
> Memorial da Educação
> Temas Educacionais
> Temas Pedagógicos
> Recursos de Ensino
> Notícias por Temas
> Agenda
> Café Cultural
> Publicações Online
> Concursos & Prêmios
> Diário Oficial
> Fundação Mario Covas
Boa noite
Quinta-Feira , 17 de Abril de 2014
>> Desenvolvimento e Aprendizagem
   
 
O desenvolvimento da moralidade na teoria de Jean Piaget

Lisandre Maria Castello Branco


Por diversas vezes, em nossa prática educacional, nos perguntamos como as crianças lidam com as regras (de jogo ou sociais). E mais: o que podemos esperar de cada idade do desenvolvimento humano, no que diz respeito às relações da criança com os aspectos da justiça e da moral.

Em determinado período da elaboração de sua obra, Piaget debruçou-se sobre estas questões e, a partir de seus experimentos e observações, propôs que a forma pela qual as crianças lidam com as regras, com a justiça e a moral varia no decorrer do processo de desenvolvimento.

Nesse texto, a autora aponta os principais achados da teoria piagetiana a respeito da formação moral da criança e suas implicações para os aspectos cognitivo e afetivo do desenvolvimento humano.

Clique aqui para ler o texto na íntegra. Para isso você precisa ter o programa Acrobat Reader. Para instalá-lo, clique aqui.

"Nos estudos sobre o desenvolvimento da noção de justiça, PIAGET observa uma oposição entre dois tipos de respeito e, por conseguinte, entre duas morais: a de obrigação ou heterônoma e a de cooperação ou autônoma. (...) As demais pesquisas que complementam o estudo da noção de justiça permitem-lhe falar da existência de três períodos em seu desenvolvimento:
- subordinação à autoridade adulta (até sete-oito anos);
- igualitarismo progressivo (de oito-onze anos);
- justiça igualitária (de onze anos em diante)."


"O privilégio do jogo é uma forma de evitar generalizações precipitadas das implicações desta moralidade (do jogo) em formas mais amplas e significativas da moralidade, em geral. Contudo, PIAGET acaba por elaborar etapas do desenvolvimento moral baseadas nas suas inferências a partir do estudo do jogo.
PIAGET não se questiona de início se a regra do jogo tem a mesma natureza que a da norma moral imposta pelo adulto. Importa-lhe não o conteúdo da regra, mas a forma como a criança segue a regra, no que diz respeito aos aspectos da adesão e da compreensão nos diferentes estágios de seu desenvolvimento."


"A importância de se divulgar o desenvolvimento da moralidade na teoria piagetiana para educadores reside na oportunidade ímpar de podermos observar a confluência de diferentes aspectos do desenvolvimento, presentes no desenvolvimento da moralidade. (...) A Psicologia pode dar algumas respostas; a teoria piagetiana pode contribuir para esclarecer uma série de questões e, particularmente nela, a compreensão do desenvolvimento da moralidade pode ser de imenso valor para reafirmarmos nosso compromisso com a Educação e redefinirmos nosso papel como educadores."

Publicação: Série Idéias n. 20. São Paulo: FDE, 1994.
Páginas: 63-73

Para mais informações clique em AJUDA no menu.

 





 Download do      arquivo

Clique aqui para baixar o Acrobat Reader

 A Dimensão Ética na Obra de Jean Piaget.

 A Perspectiva de Jean Piaget.

 As Interações Sociais na Perspectiva Piagetiana.
 PIAGET, J.

 Jean Piaget.